sábado, 6 de março de 2010

Todos os arquivos de mídia do PC no PS3


Caramba, mais de um ano sem postar no blog! Deixa quieto.

Esse post também só saiu porque eu mandei a dica pro e-mail do meu irmão e achei que valia a pena aproveitar o texto e compartilhar com quem ainda não conhece.

O fato é que, apesar do meu PC ser ligado direto na TV, não tenho controle remoto. Então eu queria um jeito de acessar o PC pelo PS3 e ficar mais cômodo de usar pelo controle do videogame.

Descobri este post: Libere o poder de Media Center do seu PS3 e baixei o programa indicado por eles. Segue o link direto pra baixar a versão pra Windows.

Agora, meu PS3 acessa todos os arquivos de mídia do meu computador pela rede wireless (que eu já tinha para conectar o videogame na internet). O que é melhor é que posso usar os recursos de controle de mídia do PS3 pra mexer nos arquivos do computador. Os vídeos avi rodam com a legenda porque, na verdade, é o computador que transmite o sinal. E o que eu mais queria que é usar o controle do PS3 como controle remoto pra pausar, parar, avançar etc.

Só não deu certo para vídeos em alta resolução, como os 720p porque eu acho que a taxa de transferência de dados é muito alta pra minha rede e os vídeos ficam travando toda hora. Mas para ver as fotos que estão no computador é sensacional, inclusive com o sistema de zoom do PS3 que é ótimo.

Sem contar que acaba com a história de copiar os arquivos no pendrive e também não precisa ocupar o HD do PS3 com outros arquivos que não sejam jogos.

Vale muito a pena.

sábado, 8 de novembro de 2008

O RETORNO


Notícia boa pra quem gosta de Lost. A ABC divulgou finalmente a data de estréia da quinta temporada. Vai ser dia 21 de janeiro, num evento de três horas. A primeira será um episódio de recapitulação e, em seguida, serão exibidos os dois primeiros episódios da quinta temporada.

Minha sincera opinião: não gostei. Lost terá só mais duas temporadas com episódios reduzidos (17). Passar dois episódios de uma vez só é uma sacanagem com os fãs. Era o momento de poupar os capítulos e exibir um por dia. Sabe como é, prolongar o prazer.

A TEMPESTADE

Tudo bem em Brasília. Sobrevivemos. Essa foi a maior chuva que eu já vi na vida. Talvez seja culpa da visão que eu tenho aqui da janela. Você sabe que ver é sempre pior.

A chuva começou mansa e foi apertando, apertando. Tive que fechar a janela porque a chuva bate na placa do restaurante e respinga dentro do quarto. Estava bem tranquilo ouvindo música no computador com meus fones. Resolvi olhar pra trás e vi uma coisa branca na janela.

Levantei e fui conferir a chuva fortíssima que caía, melhor, que corria pela W3, essa avenida que passa aqui na frente. Vi três árvores do canteiro central dobrarem e soltarem seus galhos mais pesados sobre a pista. A enxurrada era praticamente um rio vermelho e foi levando um dos galhos em direção à ponta da Asa Norte. Pipocou um raio que deve ter caído aqui em cima mesmo. O relâmpago coincidiu com o trovão.

Agora já parou a chuva, a enxurrada diminuiu e o céu está meio nublado, mas um sol sem vergonha chegou a aparecer. As árvores do canteiro central estão lá, caídas.

domingo, 2 de novembro de 2008

COMIDA DE ISRAEL

Eu amo a globalização. Tirando o fato irritante de que todas as nossas embalagens vêm com versão para hermanos. Mas em que outra situação a gente comeria uma porcaria vinda de Israel com tanta naturalidade?

Trata-se do salgadinho Bissli, vindo do distante Israel direto para as prateleiras do Pão de Açúcar por apenas R$0,93. Pode ter origem judia, mas é primo primeiro do Baconzitos. Só que mais duro, mais crocante.

O sabor é despojado mesmo. Sabor fumaça. Pra quê disfarçar de bacon se o que a gente quer é comer carbono queimado? A embalagem é genérica. É de Israel, mas podia ser dos Estados Unidos ou de Varginha.

Também não podemos dizer que houve um cuidado na concepção dos personagens. Parecem uma mistura de Family Guy com Beavis & Butt-Head.

O detalhe moderno fica para o selo “Suitable for Vegetarians” ou Adequado para Vegetarianos. Porque é feito de trigo e vegetarianos estão liberados pra comer fumaça de vez em quando.

domingo, 12 de outubro de 2008

TÁ PREPARADO PARA OS ETS?

Como assim, você não sabia que os ETs vão chegar na terça-feira? Uma australiana recebeu a mensagem e repassou pra galera. Já tem até um vídeo com versão em português.

Eu já fiz compra de supermercado, comprei água, biscoito, iogurte, barrinha de cereal... Vai lá você também e te abastece porque os preços devem ir para o espaço com a chegada deles. Se tem grana na bolsa de valores, recomendo tirar. Quer dizer, se você tem grana na bolsa, já se ferrou mesmo.

Não gostei nada dessa história de ET chegando bem na semana em que eu vou pra Boa Esperança. Espero que não causem tumulto na estrada e nem interferência na minha internet wireless. Se bem que eles vão embora na quinta e eu só viajo na sexta. Menos mal.

sábado, 11 de outubro de 2008

O OBSERVADOR

- Mas isso é um supositório gigante!

Com um pequeno ajuste na história, esse quarto episódio de Fringe funcionaria muito bem como o piloto da série. Pra quem estava reclamando da falta de uma mitologia decente, e eu estava, esse episódio serviu entrada, prato principal, sobremesa e cafezinho. Agora não tem mais jeito. Quero ver Fringe até o final e provavelmente comprarei o box de dvds quando sair.

Num episódio que lembrou demais os melhores momentos de Lost, Alias e Arquivo X, Fringe estabeleceu a sua mitologia na figura do misterioso Observador. Um personagem que está sempre presente nos incidentes relacionados ao Padrão, que anota tudo o que acontece numa língua estranha, gosta de carne crua e água na temperatura ambiente e ainda parece ter poderes psíquicos! Eu posso ser fácil demais, mas sinto muito, a série já me fisgou.

O estranho dispositivo que veio do subterrâneo e pra lá voltou no final prova que criatividade é mesmo o forte em seriados desse tipo. A gente pensa que não há mais nada pra inventar, mas a criatividade é uma coisa foda. Se ela cai em "mãos erradas", o resultado é um excelente episódio como esse.

A interação entre os personagens só melhora. Até já estou gostando do Peter. A Olivia é que precisa tomar cuidado para não virar coadjuvante na própria série porque o Dr. Walter Bishop simplesmente rouba todas as cenas. Em quatro episódios, se tornou um dos meus personagens favoritos. Muito bem escrito e interpretado por John Noble.

Numa época em que meu computador está cheio de episódios atrasados pra ver e quase nenhum tempo, a série é momento garantido e esperado na semana. Fringe já conseguiu uma temporada completa, mas só porque eu elogiei, essa semana não teve episódio.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

MY NAME IS EARL - EPISÓDIOS 3 E 4

A quarta temporada de My name is Earl continuou na semana passada com a exibição de mais dois episódios. Seguem os links para os meus comentários:
episódio 403
episódio 404

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

ORTOCONFUSOGRAFIA

Lembra quando tiraram o acento de êle, pêlo e outras palavras e a sua mãe passou vinte anos escrevendo errado? Pois é, vai acontecer com você também.

FRINGE

abertura de Fringe

Fringe, a nova série de J. J. Abrams, foi abertamente inspirada em Arquivo X. Seria muita cara-de-pau não admitir isso quando tudo na série lembra a obra de Chris Carter. Está lá a abertura com uma mão estranha, os agentes do FBI, os casos da semana e o clima de suspense paranormal. A série poderia ser um spin-off ou continuação de Arquivo X numa boa.

Todo mundo já falou, mas eu gostaria de repetir o quanto são legais as cenas de abertura de cada episódio. Muito tensos e angustiantes. Vai ser legal se isso se tornar uma marca.

Também gostei dos personagens principais. Anna Torv é muito bonita e carismática e o Dr. Walter Bishop, o cientista louco, está perfeito. O Peter ainda não me convenceu, mas parece que tem uma história legal pra ser contada sobre ele.

Séries com continuidade mais amarrada, como Lost e Prison Break, têm infinitamente mais apelo comigo do que séries com episódios fechados como Fringe. Espero que a grande trama sobre o Padrão e a megacorporação por trás de tudo se tornem realmente empolgantes no futuro e não aconteça como em Alias, onde se prometeu demais a respeito da trama maior e não se cumpriu.

Por enquanto, os casos apresentados nos três primeiros episódios foram bons.

KEEP COOLER

Não faz nem 4 meses que o meu computador foi consertado, com problemas no cooler da fonte. Esquentava mais do que uma chapa. No fim-de-semana, só percebi que estava com o mesmo problema quando ele desligou sozinho.

Aí vem o negócio interessante: quando o computador está normal, tenho que trabalhar e não tenho muito tempo pra mexer com o blog. Quando o computador estraga, posso escrever no blog, mas tenho que vir até a lan-house e pagar por hora.

Mais interessante ainda é que a vida inteira é assim. Sempre vai ter alguma coisa pra dar errado, quando alguma coisa dá certo e vice-versa. A gente acaba acostumando a lidar com isso.

Ontem rolou um princípio de estresse ao constatar o problema no computador. Mas não vale a pena, está fora do meu controle. Com isso eu ainda tenho que aprender a lidar.

Vou aproveitar e fazer uns posts para deixar guardado e publicar outro dia.